Google luta para diminuir o tamanho do instalador do Chrome

Em dez versões, o tamanho do instalador do Chrome triplicou. As implicações comerciais e estratégicas são ruins, tanto que foi criada uma força tarefa na Google para colocar o navegador numa dieta e encolher seu instalador.

Vê o gráfico ao lado? Ele mostra a evolução do tamanho, em mega bytes, do instalador do
Chrome
, navegador web da Google. Quando foi lançado, a versão 1.0 tinha 9 MB. Hoje, na décima, aquele valor saltou para 26 MB, quase o triplo do inicial.

Para reverter esse quadro, Anthony Laforge, gerente de programa técnico do Chrome, mandou o alerta, convocando uma força tarefa para atuar e remediar esse problema. Esse grupo tem a missão de “analisar agressivamente as opções para diminuir o tamanho do instalador do Chrome”.

Embora conexões banda larga estejam mais comuns e presentes em mais locais, outros fatores fazem com que a manutenção de um instalador enxuto valha a pena. O Chrome, por exemplo, é distribuído em pacotes, junto a outros programas, graças a acordos firmados com outras empresas. Quanto maior o tamanho, mais difícil a distribuição. Outra, mais preocupante, é a taxa de falhas na instalação/download do programa em países onde não há grande disponibilidade de conexões rápidas. Ian Fette, desenvolvedor do Chrome que trouxe os casos acima, cita a Índia como exemplo: o navegador tem boa penetração por lá, logo, esse tipo de falha afeta a reputação do mesmo.

A título de comparação, o instalador do Firefox 4, lançado ontem, tem 12 MB no Windows. É menos da metade do tamanho do Chrome 10. Ao longo dos últimos anos, o Chrome tem servido de parâmetro para a concorrência implementar novidades, da interface ao ciclo de desenvolvimento. Chegou a hora, afinal, da Google fazer o caminho inverso e seguir o bom exemplo do Firefox que, versão após versão, mantém o tamanho do seu instalador controlado.

7,1 milhões de downloads do Firefox 4 em 24h

Números finais apontam que, por muito pouco, Firefox 4 não ultrapassou a terceira versão em quantidade de downloads no primeiro dia de vida.

Ontem, quando publicamos a nota dando conta de que o Firefox 4 já havia sido baixado mais de 5 milhões de vezes, o período de 24h iniciado a partir da disponibilidade da versão final do programa ainda não havia terminado.

Hoje a Mozilla mostrou, enfim, os números finais da já tradicional brincadeira que fazem desde o Firefox 3. No total, foram 7,1 milhões de downloads do Firefox 4 em 24h. Bateu na trave, mas ainda não passou o espantoso número de 8 milhões da terceira versão.

Cabe lembrar que o número não contabiliza quem procedeu à atualização automática, do RC2 para a final, dentro do próprio programa. Segundo a Mozilla, foram 3 milhões de atualizações nesse sentido. Não significa que, só ontem, 10 milhões de pessoas atualizaram seus navegadores para a última versão do Firefox, afinal, muitos podem ter apenas baixado e não instalado, ou baixado o programa duas ou mais vezes. Vale pela festa, de qualquer forma.

No post em que anunciou tais números, a Mozilla ressaltou o caráter aberto e a ampla rede de pessoas que contribuem para com o projeto voluntariamente — uma comunidade de 50 mil pessoas ao redor do mundo. Estima-se que, hoje, 400 milhões de pessoas usem o Firefox.

O Firefox 4 em português do Brasil está disponível aqui.

Internet Explorer 9 confirmado para o dia 14 de março

Microsoft confirma versão final do Internet Explorer 9 para dia 14 de março, durante SXSW. Bing em HTML5 ainda é incerto, embora rumores indiquem que ele saia junto com o IE9.

Havia a suspeita, mas tudo não passava de rumor. Hoje a Microsoft acabou com o mistério e, num post no bloog oficial do IE, anunciou a data de lançamento da versão final do Internet Explorer 9: 14 de março, exatamente um ano depois da liberação do primeiro Platform Preview do navegador.

O lançamento será durante o evento SXSW, em Austin, Texas. O evento, voltado para música e filmes com toques de interatividade, também contempla, além dessa veia artística, sites e tecnologias mais “descoladas”. No dia 14, o IE9 será disponibilizado para download no mundo inteiro às 21h no horário do Pacífico (o que, aqui no Brasil, pelo horário de Brasília, 2h da manhã…), em meio a uma festa dada pela Microsoft dentro do SXSW com a participação de diversas bandas, como Yeasayer, The Head and The Heart e Fences.

Se o IE9 já está confirmado, o mesmo não pode ser dito sobre o Bing em HTML5. Há alguns dias, usuários relataram terem encontrado uma tela de introdução no endereço bing.com/peek (já indisponível). Disso, alguns analistas concluíram que, talvez, o lançamento dessa aguardada reformulação da interface do buscador da Microsoft, que explora diversos recursos novos do Internet Explorer 9, coincidirá com a liberação da versão final desse.…